terça-feira, julho 24, 2012

Só as criaturas que nunca escreveram cartas de amor



Cartas de Amor

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.

Também escrevi em meu tempo cartas de amor,
Como as outras,
Ridículas.

As cartas de amor, se há amor,
Têm de ser
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

Mas, afinal,
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.


Álvaro de Campos




É tão bom quando um amigo de longa data 
nos escreve, nos diz meu amor 
e se despede com um I LOVE YOU, sem espinhas!
Há pessoas sobre as quais o tempo parece não ter efeito nenhum!

Sem comentários: